d -->

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

O ser humano na sua busca frenética pelo TER, tornou-se uma criatura robotizada, incapaz de refletir. Simplesmente aceita tudo.
O que importa é ter mais do que o vizinho.
O que será de todas essas pessoas quando constatarem que desta vida, nem o próprio corpo, a gente leva ?
Não seria o momento da mudança dos paradigmas ?

Fica esta pra reflexão noturna, amados irmãos.